A neve e o granizo. Outros tipos de precipitação da água além da chuva.

domingo, 26 de agosto de 2012

A neve e o granizo são dois outros tipos de precipitação da água dentro do ciclo hidrológico. A neve é cristal ou floco macio, o granizo é bloco de gelo duro e a chuva é líquida.


Brincando na neve do Inverno de Portugal

Roberto M.
O que é neve? O que é granizo? O que é chuva de pedra? Por que a neve é branca?
Vimos no artigo sobre o ciclo hidrológico, que a água está em movimento constante na natureza. Sua evaporação forma a umidade do ar que, quando encontra temperaturas mais frias, se condensa formando as precipitações.


Quando a precipitação é em forma líquida nós a chamamos de chuva, mas sabemos que a chuva não é o único tipo de precipitação. Existem também a neve e o granizo.


A NEVE

Nas zonas temperadas e nas zonas frias, quando a temperatura está abaixo de zero, o vapor contido no ar se congela.
Quando isso acontece, e essa água se solidifica sob a forma de cristais hexagonais, minúsculos flocos de gelo se precipitam lentamente. É a neve. Chamamos esse tipo de precipitação de precipitação nival.

A neve é branca porque é formada por cristais. Ao refletir a luz, esses cristais se mostram brancos.
As partículas de neve que chegam ao solo têm formas e tamanhos muito variados, embora, algumas vezes, a olho nu, tenham aspecto idêntico.

Paisagens de Neve na cidade de Caxarias em Portugal

Ao olharmos um floco de neve através de um microscópio, veremos um cristal, e cada floco se apresenta como um cristal diferente do outro.
A variedade estrutural dos cristais de neve depende de vários fatores, tais como a temperatura do ar e a quantidade de moléculas de água existentes no ar.

Às vezes a neve se forma em elevadas altitudes e lá permanece. Porém, quando a temperatura cai bastante e se conserva baixa por um tempo prolongado, a neve se precipita.
A neve pode parecer gelo, mas é diferente.

O gelo forma blocos, é uma matéria dura. A neve forma flocos, cai nessa forma, e chega a ser macia, como se fosse de algodão.
Caindo normalmente, a neve transmite beleza à paisagem. Mas quando cai abundantemente, pode gerar perigosas tempestades que chegam a isolar localidades.

O GRANIZO

O vapor de água ao subir para a atmosfera se concentra em forma de nuvens. Quando essas nuvens, carregadas de gotículas de água, encontram uma massa de ar extremamente fria, há o congelamento dessas gotas que acabam formando pedrinhas de gelo.
A precipitação dessas pedras de gelo é a chamada chuva de pedra ou chuva de granizo.

Chuva de Pedras. Granizo em um gramado.

Essas formações são mais comuns nas latitudes médias, no interior dos continentes e durante o verão.
Ocorrem quase que exclusivamente durante temporais violentos ou prolongados, quando a temperatura no nível do solo está acima de 0ºC.
O granizo, frequentemente, é encontrado nas camadas de ar límpido que circundam as tempestades.

As pedras de granizo grandes requerem, para sua formação, alta velocidade vertical do ar, grande quantidade de água em suspensão e nuvens que se estendam por largas extensões acima do ponto de congelamento.
O granizo pode avariar aviões e causar estragos às plantações.
Bibliografia: 1) Vesentini, J. Willian & Vlach Vânia – Geografia Crítica – Vol. I – Editora Ática – 13ª Edição.
                  2) Moreira, Igor – Construindo o Espaço do Homem – Vol. I – Editora Ática – 1ª Edição.
                  3) Enciclopédia Barsa - Encyclopaedia Britânnica do Brasil Publicações

Artigos Recomendados:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se você tem uma história para contar, conte aqui. Se for divertida, não ofensiva nem agressiva poderá ser publicada. Mas se quiser apenas ler, fique à vontade!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...