Vestir ou não vestir a carapuça. Eis a questão.

sexta-feira, 27 de abril de 2012

A contradição do bicho homem. Gosta de criticar o erro dos outros, mas não percebe seus próprios erros. Vive fazendo coisa errada e, com a maior desfaçatez, vive reclamando das coisas erradas que outros fazem.


As contradições humanas. Gosta de criticar mas não aceita ser criticado.
by Roberto M.
É muito fácil reclamar. É fácil ver defeitos em tudo e em todos. O difícil é enxergar os próprios defeitos. O difícil é ter a consciência de não fazer coisas erradas.
Outro dia escrevi um artigo sobre como as aparências enganam, onde uma mulher criticava a vizinha que estendia roupas ainda sujas após lavá-las, mas na realidade o que fazia com que ela visse as roupas sujas eram os vidros de sua própria janela que estavam imundos.

Aquele ditado que diz que “O macaco vive criticando o rabo dos outros, mas, não enxerga o seu próprio rabo” se aplica nitidamente ao nosso mundo.

Vamos fazer um teste?
Vou listar aqui alguns itens. Quantos deles nos são familiares?
Com certeza, já vimos alguém fazer, conhecemos alguém que faz ou já tivemos notícia de um “mundo” de gente que os pratica ou praticou:

1- Coloca seu nome em trabalho escolar que não participou;
2- Assina lista de presença para o colega que faltou à aula;
3- Paga alguém para fazer seus trabalhos escolares;
4- Saqueia cargas de veículos acidentados na estrada;
5- Estaciona nas calçadas;
6- Para o carro em lugar proibido;
7- Fala ao celular quando está dirigindo;
8- Suborna ou tenta subornar quando é pego cometendo uma infração de trânsito;
9- Troca voto, por qualquer coisa: emprego, areia e até dentadura;
10- Trafega pelo acostamento quando a via está congestionada;
11- Para em fila dupla ou até tripla em frente a escolas;
12- Viola lei do silêncio;
13- Dirige após consumir bebida alcoólica;
14- Ocupa calçadas públicas com as mesas do barzinho. E o pedestre que se “dane”, vá para o meio da rua;
15- Pega atestado médico sem estar doente só para faltar ao trabalho;
16- Registra imóveis no cartório com valores abaixo do comprado, para pagar menos imposto.
17- Compra recibo para abater na declaração;
18- Quando viaja a serviço, pede recibos com valores maiores do que gastou;
19- Faz “gato” de TV a cabo;
20- Adultera o velocímetro do carro, para vendê-lo como pouco rodado;
21- Compra produtos roubados, sabendo que eles são roubados;
22- Diminui a idade do filho para que passe por baixo da roleta do ônibus sem pagar passagem;
23- Fura filas, utilizando-se das mais esfarrapadas desculpas;
24- Leva, das empresas onde trabalha, pequenos objetos como clipes, envelopes, canetas,... Como se isso não fosse roubo;
25- Quando encontra algum objeto perdido, na maioria das vezes não devolve;

Agora, com toda a sinceridade, será que tudo isso é certo? O que significa “acertar” um, ou dois, ou todos os itens? De quem estamos falando? Quem vai vestir a carapuça?
O  bicho homem vive reclamando das coisas erradas que outros bichos fazem, mas não se dá conta das próprias coisas erradas que faz.

Artigos Recomendados:

Um comentário:

  1. Adorei o pensamento... desculpa por não ter visitado o seu artigo antes. Você me indicou esse artigo no Dihitt a um tempo, e já fazia algum que não andava por lá.
    Mesmo com o atraso quero dizer que gostei muito da sua postagem.

    ResponderExcluir

Se você tem uma história para contar, conte aqui. Se for divertida, não ofensiva nem agressiva poderá ser publicada. Mas se quiser apenas ler, fique à vontade!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...