Fonemas Semivocálicos e suas representações.

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

São os fonemas “i” e “u” que apesar de terem o som semelhante ao das vogais, quando aparecem apoiados em uma outra vogal autêntica e soando levemente, sem a força de vogal, são chamados de semivogais e representados por / y / e / w /.


Ilustração mostrando os fonemas semivocálicos /y/ e /w/. Que não são tão fracos como as consoantes nem tão autônomos quanto as vogais.
by Roberto M.
Vimos, anteriormente, que letra e fonema são diferentes. O fonema é uma unidade sonora, a letra é uma representação gráfica e visual do fonema.  Não confundamos, portanto, letra e fonema.
Infelizmente, não há uma perfeita correspondência entre as letras utilizadas na língua escrita e os fonemas que elas procuram representar.

Existe, até, o alfabeto fonético, símbolos especiais criados para possibilitar a representação fiel dos fonemas formadores dos vocábulos, que é utilizado na transcrição fonológica e na transcrição fonética dos sons da linguagem. (Veja em: “Alfabeto Fonético: A representação dos fonemas por símbolos – Vogais, Semivogais e consoantes.”).

Os fonemas classificam-se em vogais, consoantes e semivogais. (Veja: “Noções Gerais sobre a articulação sonora de uma língua. Fonética, Fonologia, Fonema, Letras."). 

Hoje vamos falar dos fonemas semivocálicos.


AS SEMIVOGAIS

As semivogais são os fonemas intermediários entre as vogais e as consoantes. Não são tão fracas como as consoantes nem tão autônomas quanto as vogais.
São 2 os fonemas semivogais. Na prática, eles formam os sons de “i” e de “u” mas, estando ao lado de uma outra vogal autêntica, eles soam mais levemente, sem a força de uma vogal.

Na escrita, são representadas pelas letra “i” e “u” mas, a letra “e” e a letra “o” sempre que nas mesmas circunstâncias forem pronunciadas, respectivamente, como “i” e “u”, também representarão os sons de semivogais.

Encarando de uma outra maneira, também podemos dizer que as semivogais são fonemas produzidos de forma semelhante às vogais / i / e / u /, mas diferem destas por não assumirem papel central numa sílaba. Em outras palavras: as semivogais acompanham sempre uma vogal, com a qual formam sílaba. Na escrita, são representadas pelas letras “i” e “u”, podendo, mais raramente, ser representadas pelas letras “e” e “o”.
Não formam sílabas sozinhas; as semivogais sempre estão acompanhadas de uma outra vogal para formar uma sílaba.

Veja, abaixo, um quadro com a representação e transcrição das semivogais com a ideia de seus respectivos sons. 
 
SEMIVOGAIS
FONEMAS
SOM DO FONEMA
(Como na palavra)
TRANSCRIÇÃO
do vocábulo
/ y /
pai, mãe
/ pay /, / mãy /
/ w /
mau, cão
/ maw /, / kãw /

ARTICULAÇÃO DAS SEMIVOGAIS

1 – Como as letras que representam as vogais e as semivogais são as mesmas, é importante que você aprenda a distingui-las na articulação, ou seja, pela posição da boca, língua e lábios no momento da produção do som. 
Para isso, observe a diferença existente na pronúncia dos pares de palavras abaixo:
eu caí => / kai /              ele cai => / kay /
baú =>  / bau /                pau =>  / paw /

Em caí e baú ocorrem as vogais  / i /  e  / u /
Em cai e pau ocorrem as semivogais  / y /  e  / w /

2 – Observe agora as palavras:
e => / mãy /           e          mágoa => / magwa /

em que as letras “e” e “o” representam, respectivamente, as semivogais /y/ e /w/.

3 – A letra “a” nunca representa uma semivogal.


Artigos Recomendados:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se você tem uma história para contar, conte aqui. Se for divertida, não ofensiva nem agressiva poderá ser publicada. Mas se quiser apenas ler, fique à vontade!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...