Plasma. O quarto estado da Matéria.

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012


Plasma, um gás ionizado que conduz eletricidade. Tem propriedades diferentes e se tornou o quarto estado da matéria
by Roberto M.
O que é plasma? Como se consegue o plasma? 
Sabemos que são três os estados físicos da matéria: sólido, líquido e gasoso.
Cada um desses estados físicos é determinado de acordo com o grau de agitação das moléculas da matéria em que se encontram. 
Essa agitação é devida à energia térmica (calor) fornecida ou retirada da matéria, quando a aquecemos ou a resfriamos.

No artigo “Condensado de Bose-Einstein. Um estado da matéria muito estranho. ” vimos o que acontece com uma matéria sólida quando resfriada (retira-se calor, diminui-se a agitação das moléculas) até níveis de temperatura próximos ao zero absoluto (-273,15°C, -459,67°F, 0K).

Vamos ver agora o lado oposto.
Vamos ver o que acontece com uma matéria gasosa (aprisionada em um recipiente) quando aquecida (fornece-se calor, aumenta-se a agitação das moléculas) até níveis de temperatura extremamente elevadas.

Nesses níveis de temperatura, a agitação térmica dos átomos da matéria é tão grande, que chega a sobrepor a força que mantém os prótons, nêutrons e elétrons unidos ao núcleo.
O aquecimento provoca a dissociação das ligações moleculares e leva à ionização (ganho ou perda de elétrons) das moléculas e átomos do gás.

Forma-se então, um gás ionizado com propriedades bastante peculiares, uma matéria em um estado diferente, que recebe o nome de PLASMA.

O Plasma é formado por partículas carregadas livres (elétrons e íons positivos) e se torna eletricamente condutor. Ele gera e sofre a ação de campos eletromagnéticos. Isto significa que o movimento de cada uma das partículas carregadas é influenciado pelo movimento de todas as demais partículas. Essa iteração, chamada de efeito coletivo, é o conceito fundamental para a definição de plasmas.

O plasma, portanto, possui propriedades bastante diferentes das de sólidos, líquidos e gases e é, por isso, considerado um estado distinto da matéria, muitos o chamam de “o quarto estado da matéria”.
O plasma não possui volume definido, a não ser quando contido em um recipiente, porém, sob a influência de campos magnéticos ele pode formar estruturas como filamentos, raios e camadas duplas.

Pode-se caracterizar o plasma, fundamentalmente, por duas grandezas físicas: a temperatura (medida em Kelvin) e a densidade (número de partículas carregadas por metro cúbico).

Acredita-se que 99% da matéria existente no universo estejam no estado de plasma. É interessante saber que, estamos, aqui na terra, dentro do 1% onde é raro encontrar-se o plasma.

Veja agora alguns exemplos de plasmas que provavelmente já vimos: chamas, lâmpadas fluorescentes, lâmpadas a vapor, raios de descargas atmosféricas.
O sol, assim como todas as estrelas, é formado exclusivamente por plasmas de altíssima densidade e temperatura.

Artigos Recomendados:

Um comentário:

Se você tem uma história para contar, conte aqui. Se for divertida, não ofensiva nem agressiva poderá ser publicada. Mas se quiser apenas ler, fique à vontade!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...