Fonemas Semivocálicos e suas representações.

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Ilustração mostrando os fonemas semivocálicos /y/ e /w/. Que não são tão fracos como as consoantes nem tão autônomos quanto as vogais.
by Roberto M.
Vimos, anteriormente, que letra e fonema são diferentes. O fonema é uma unidade sonora, a letra é uma representação gráfica e visual do fonema.  Não confundamos, portanto, letra e fonema.
Infelizmente, não há uma perfeita correspondência entre as letras utilizadas na língua escrita e os fonemas que elas procuram representar.

Noções Gerais sobre a articulação sonora de uma língua. Fonética, Fonologia, Fonema, Letras.

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Ilustração mostrando exemplos de palavras com sua transcrição sonora em fonemas e sua representação escrita com letras.
by Roberto M.
Quando fazemos alguma referência à língua que usamos na nossa comunicação diária, é bem possível que pensemos, de imediato, em palavras escritas, textos impressos. Esse pensamento é comum numa sociedade letrada, ou seja, que possui um sistema de escrita. Devido à elevada importância que a modalidade escrita de uma língua adquire na conservação e propagação da cultura, a modalidade falada acaba, sendo encarada como secundária.

Alfabeto Fonético: A representação dos fonemas por símbolos – Vogais, Semivogais e consoantes.

terça-feira, 20 de setembro de 2016

Ilustração mostrando os símbolos dos fonemas do alfabeto fonético da língua portuguesa. Vogais, semivogais e consoantes
by Roberto M. 
A fonologia é a parte intrínseca da gramática. Ela analisa o valor dos fonemas na formação das palavras. 
Na verdade, são as diferenças existentes em cada fonema de uma língua que possibilitam a diferença significativa de cada termo. Por isso, é muito importante a representação dos fonemas por símbolos, para viabilizar a leitura do nível sonoro de um vocábulo.

Alfabeto Oficial da Língua Portuguesa. O alfabeto das Letras. O Abecedário.

sábado, 10 de setembro de 2016

Ilustração mostrando o abecedário, o alfabeto oficial da língua portuguesa
by Roberto M.
Antigamente, antes de 1943, as letras K, W e Y faziam parte do alfabeto da língua portuguesa. Entretanto, acordos ortográficos dessa época aboliram essas letras e o alfabeto português passou a se basear no alfabeto latino original com apenas 23 letras, sem as letras K, W e Y.
A partir de 1º de janeiro de 2009, entrou em vigor a Nova Reforma Ortográfica. Desde então, mudanças ocorreram no que se refere ao nosso alfabeto.

Quantas vogais tem a língua portuguesa?

quarta-feira, 7 de setembro de 2016

Ilustração mostrando os símbolos dos 12 fonemas vogais da língua portuguesa
by Roberto M.
Já nos habituamos a responder automaticamente a essa pergunta. São cinco as vogais: “a”, “e”, “i”, “o”, “u”.
Mas, vamos pensar mais seriamente no assunto.
Vogal é uma palavra que se refere a uma letra ou a um fonema?
Bem, literalmente a palavra vogal significa “da voz”. Portanto, deveria relacionar-se diretamente ao fonema e não à letra.

Sonetos de Camões: (136) A fermosura desta fresca serra – Análise do poema.

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Ilustração mostrando o soneto do poeta Luiz Vaz de Camões: A fermosura desta fresca serra.
by Roberto M.
O poema A fermosura desta fresca serra, de Luís Vaz de Camões, faz parte da lírica clássica do autor. Este poema é um soneto, ou seja, tem uma forma fixa de composição poética. É composto de duas estrofes de quatro versos (quartetos ou quadras) e duas estrofes de três versos (tercetos).
Os sonetos de Camões são a parte mais conhecida de sua lírica. Dotado de inegável genialidade, coube a ele a melhor performance do soneto em língua portuguesa.

Aedes Aegypti: mosquito transmissor da dengue e outras doenças. Ciclo de vida e características.

quinta-feira, 28 de julho de 2016

Ilustração mostrando o ciclo de vida do mosquito da dengue Aedes aegypti compreendendo os ovos, as larvas, as pupas e o mosquito adulto.
by Roberto M.
O mosquito Aedes (Stegomyia) aegypti é o principal vetor de doenças graves como o dengue, a febre amarela, a febre chikungunya e a zika. Por isso, o controle de sua população é considerado assunto de saúde pública.
O Aedes aegypti é um inseto díptero (tem um par de asas), da família Culicidae, pertencente ao subgênero Stegomyia.