A flexão de número dos adjetivos. Singular e Plural.

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Por ser uma palavra variável, o adjetivo se flexiona em número. Veja como funciona a concordância em número do adjetivo com o substantivo singular ou plural que ele modifica.


Flexão de número dos adjetivos. Singular e Plural.
by Roberto M.
Sabemos que os nomes, em português, dividem-se em substantivos e adjetivos. 
Os substantivos nomeiam os seres e os adjetivos modificam os substantivos, atribuindo-lhes uma qualidade ou característica. 
Quem quiser, pode relembrar suas diferenças lendo o artigo “A diferença entre substantivo e adjetivo”.

Ao modificar o substantivo, o adjetivo com ele concorda e se torna uma classe variável de palavrasO adjetivo, assim como o substantivo, por ser palavra variável, sofre flexão de gênero, número e grau.

Hoje, vamos falar sobre a flexão de número do adjetivo. Se quiser, leia o artigo que fala sobra a “A flexão de gênero dos adjetivos: Uniformes e Biformes”.
O adjetivo concorda em número com o substantivo por ele modificado, flexionando-se em singular e plural. Segue, de modo geral, as mesmas regras de flexão de número dos substantivos.
Assim como os substantivos, os adjetivos podem ser formados por um único elemento (adjetivos simples) ou por mais de um elemento (adjetivos compostos).

PLURAL DOS ADJETIVOS SIMPLES

O adjetivo simples varia em número para concordar com o substantivo a que se refere. Em geral, fazem o plural seguindo as mesmas regras do substantivo.

Exemplos:
Menina bonita.                   Meninas bonitas.
Garoto gentil.                    Garotos gentis.
Onça feroz.                       Onças ferozes.
Lutador francês.                 Lutadores franceses.

PLURAL DOS ADJETIVOS COMPOSTOS

A - REGRA GERAL

Como regra geral temos que apenas o último elemento do adjetivo composto é flexionado.

Exemplos:
Cultura latino-americana.               Culturas latino-americanas.
Homem luso-brasileiro.                  Homens luso-brasileiros.
Povo nipo-russo-alemão.                Povos nipo-russo-alemães.
Blusa amarelo-escura.                    Blusas amarelo-escuras.

B - EXCESSÕES

Como regras mais particulares temos as exceções:

1 – Se o adjetivo for designativo de cor e o segundo elemento da composição é um substantivo, ele fica invariável.

Exemplos:
Blusa amarelo-limão.                      Blusas amarelo-limão.
Sapato marrom-montanha.             Sapatos marrom-montanha.
Calça azul-pavão.                          Calças azul-pavão.

2 – Apesar de, normalmente, os adjetivos compostos que têm em sua composição dois ou mais adjetivos seguirem a regra geral e variarem apenas o último elemento, existem exceções:

2A – Os adjetivos designativos de cores Azul-Marinho e Azul-Celeste são sempre invariáveis.

Exemplos:
Terno azul-marinho.                       Ternos azul-marinho.
Camisa azul-celeste.                       Camisas azul-celeste.

2B – No adjetivo composto surdo-mudo, flexionam-se os dois elementos.

Exemplos:
Menino surdo-mudo.                       Meninos surdos-mudos.
Garota surda-muda.                        Garotas surdas-mudas.

No próximo artigo falaremos sobre a “Flexão de grau dos adjetivos”. Acompanhem.

Artigos Recomendados:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se você tem uma história para contar, conte aqui. Se for divertida, não ofensiva nem agressiva poderá ser publicada. Mas se quiser apenas ler, fique à vontade!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...