A flexão de gênero dos adjetivos: Uniformes e Biformes.

terça-feira, 24 de setembro de 2013

O adjetivo é uma palavra variável e se flexiona em gênero. Saiba como funciona a concordância em gênero do adjetivo com o substantivo masculino ou feminino que ele modifica.


Uniforme e biforme. Como funciona a flexão de gênero dos adjetivos.
by Roberto M.
Assim como os substantivos, os adjetivos também se referem aos seres. Vimos em outro artigo, A diferença entre substantivo e adjetivo e descobrimos que adjetivo é a palavra que modifica o substantivo, atribuindo-lhe um estado, qualidade ou característica.
Sendo assim, ao modificar o substantivo, o adjetivo com ele concorda e é considerado uma classe variável de palavras.

Por ser uma palavra variável, da mesma forma que o substantivo, o adjetivo sofre flexão de gênero, número e grau.
Vamos falar hoje sobre a flexão de gênero do adjetivo.

O adjetivo concorda em gênero com o substantivo por ele modificado. Portanto, ele pode ser flexionado em masculino e feminino. Entretanto, é necessário reconhecer, inicialmente, dois tipos de adjetivos classificando-os em uniformes e biformes.

ADJETIVOS UNIFORMES

1 - Possuem apenas uma única forma, que se aplica tanto a substantivos masculinos como a substantivos femininos.

Exemplos:
O homem democrata.            A mulher democrata.
O garoto alegre.                    A garota alegre.
O interesse comum.               A causa comum.
O lutador ágil.                       A lutadora ágil.
O terno azul.                        A gravata azul.
O menino feliz.                     A menina feliz.
O problema simples.              A prova simples.

Os adjetivos uniformes compreendem a grande maioria dos adjetivos terminados em [a], [e], [m], [l], [z] e dos adjetivos paroxítonos terminados em [s].
Outros exemplos: hipócrita, fluminense, jovem, amável, feroz,

2 - Os adjetivos compostos (aqueles formados por mais de um elemento) cujo segundo elemento é um substantivo são invariáveis em gênero, ou seja, são uniformes.

Exemplos:

O caderno verde-limão.                A caneta verde-limão.
O sapato amarelo-laranja.            A meia amarelo-laranja.

3 - Caso um dos elementos que formam o adjetivo composto seja um substantivo adjetivado, todo o adjetivo composto ficará invariável, ou seja, uniforme. É o exemplo da palavra ROSA, que originalmente é um substantivo, mas pode ser adjetivada em alguns casos:

Exemplo:

O chinelo rosa-claro.                   A camisa rosa-claro.       
O caderno rosa-choque.              A caneta rosa-choque.   

4 - Os adjetivos compostos azul-marinho e azul-celeste são sempre invariáveis e, portanto, uniformes.

Exemplos:

O terno azul-marinho.                A camisa azul-marinho.
O piso azul-celeste.                    A piscina azul-celeste.    

ADJETIVOS BIFORMES

1 - Possuem duas formas distintas, uma para o masculino e outra para o feminino. Neste caso a formação do feminino, geralmente, segue as mesmas regras de flexão do substantivo.

Exemplos:
O homem brincalhão.             A mulher brincalhona.
O garoto burguês.                 A garota burguesa.
O escritor corajoso.               A escritora corajosa.
O menino ativo.                    A menina ativa.
O tio chorão.                        A tia chorona.
O homem ateu.                    A mulher ateia.
O rapaz plebeu.                    A moça plebeia.
O menino judeu.                  A menina judia.
O homem mau.                    A mulher má. 

2 - Nos adjetivos biformes compostos (aqueles formados por mais de um elemento) somente o segundo elemento sofre variações. São biformes compostos aqueles formados por dois adjetivos.

Exemplos:
O território franco-alemão.           A comida franco-alemã.
O sapato azul-escuro.                   A camisa azul-escura.

3 - Existe uma excessão nessa regra onde se flexionam os dois elementos: o adjetivo surdo-mudo.

Exemplo:
O menino surdo-mudo.                  A menina surda-muda.

Os adjetivos biformes assumem a forma masculina ou feminina somente para concordar com o substantivo de referência, tem uma razão puramente gramatical, indicando a relação do adjetivo com o substantivo. 

Nos próximos artigos falaremos sobre a “Flexão de número dos adjetivos” e sobre a “Flexão de grau dos adjetivos”. Acompanhem.

Artigos Recomendados:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se você tem uma história para contar, conte aqui. Se for divertida, não ofensiva nem agressiva poderá ser publicada. Mas se quiser apenas ler, fique à vontade!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...