Localização por GPS: Como surgiu e como funciona esse sistema.

segunda-feira, 27 de maio de 2013

Conheça a história do GPS, Sistema de Posicionamento por Satélite. Saiba como surgiu, quem opera e como funciona esse sistema de orientação na superfície terrestre. Descubra que o Glonass (Russia), o Compass (China) e o Galileo (União Europeia) são alternativas para o GPS (americano).


Sistema de Posicionamento Global - GPS - Orientação por Satélite.
by Roberto M.
O que é GPS? Como foi inventado o GPS?
GPS é o acrônimo de “Global Positioning System” que em português vem a ser “Sistema de Posicionamento Global” ou “Geo Posicionamento por Satélite”.
É considerado, atualmente, a mais moderna e precisa forma de determinação da posição de um ponto na superfície terrestre.
Esse sistema se baseia na utilização de satélites.

Os satélites enviam sinais continuamente para a superfície, os quais, ao serem recebidos por um aparelho receptor, informam a posição geográfica exata do receptor, por meio das coordenadas daquele ponto, ou seja, a localização geográfica ocorre em razão da emissão de rádio dos satélites, que são captadas por receptores GPS na Terra, onde são decodificadas as informações e fornecidas a latitude, longitude e altitude. Se quiser, relembre sobre o assunto lendo o artigo “Coordenadas geográficas. Localizando pontos na superfície da terra”.

HISTÓRIA DO GPS

Como tantos outros avanços tecnológicos, essa tecnologia foi mais uma das desenvolvidas para fins bélicos.
O GPS é um sistema americano detido pelo Governo dos Estados Unidos e operado pelo Departamento de Defesa dos EUA.

Foi criado em 1960 (tendo como base o projeto Navstar do Departamento de Defesa americano) para melhorar os sistemas de navegação existentes, mas, foi somente em 1991 durante o conflito conhecido como Guerra do Golfo que sua aplicação obteve sucesso.
Nessa guerra, os Estados Unidos orientaram todos os raides aéreos, os bombardeios e os vários lançamentos de mísseis de terra por meio das informações de localização de alvos fornecidas pelo GPS. No final da guerra, até mesmo os soldados portavam receptores de bolso para orientá-los nos deslocamentos diante do inimigo.

O sistema foi considerado totalmente operacional apenas em 1995 e seu desenvolvimento custou cerca de 10 bilhões de dólares. Conta com um total de 24 satélites orbitando ao redor da Terra a uma altitude em torno de 20 000 km (12 600 milhas) e a uma velocidade de aproximadamente 11 000 km/h (7 000 milhas/hora).
O primeiro satélite do projeto NAVSTAR GPS foi lançado em 1974 e, entre 1978 e 1985, foram lançados outros 11. A “constelação” completa, de 24 satélites, ficou terminada em 1993. Atualmente conta com 31 satélites em operação.

Estes satélites estão distribuídos em seis órbitas diferentes, de maneira que um receptor, posicionado em qualquer ponto da superfície terrestre, estará sempre em área de alcance de pelo menos três dos satélites. Essa condição permite que a margem de erro do posicionamento seja de centímetros.
Inicialmente, seu uso era exclusivamente militar, mas atualmente está disponível para uso civil gratuito.

ALTERNATIVAS DE ORIENTAÇÃO POR SATÉLITE

Além do GPS americano, existe hoje em funcionamento mais um sistema de posicionamento por satélite, é o Glonass, desenvolvido na Rússia.
Contudo, mais dois sistemas de orientação estão em fase de implantação: o Compass da China e o Galileo da União Europeia.

Artigos Recomendados:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se você tem uma história para contar, conte aqui. Se for divertida, não ofensiva nem agressiva poderá ser publicada. Mas se quiser apenas ler, fique à vontade!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...