Diferenças de horário no planeta. Entenda o dia e a noite.

segunda-feira, 23 de abril de 2012

Conheça a influência das longitudes nas diferenças de horário no planeta. Saiba que a duração do dia e da noite sofrem influência das latitudes e da inclinação do eixo da Terra e que os fusos horários foram criados para padronizar a medição do tempo no planeta.


Dia e Noite, diferença de horários
by Roberto M.
Por que não existe um único horário para todo o planeta?
Comparando-se os horários de São Paulo e do Acre, veremos que no mesmo instante que em São Paulo é meio-dia, por exemplo, no Acre ainda são 10 horas. Para o Japão e para a Europa a diferença é ainda maior. No mesmo instante que em São Paulo são 13 horas, em Londres (Inglaterra) já são 16 horas e em Tóquio (Japão) já é uma hora da madrugada do dia seguinte.

E por que existe essa diferença de horários?
Não é difícil entender.
Sabemos que a Terra gira em torno de si mesma, num movimento de rotação, que dura cerca de 24 horas.

O Planeta tem a forma esférica, logo uma parte fica voltada para o Sol e é iluminada enquanto a outra parte não é iluminada por estar do lado oposto ao Sol.

A parte do planeta voltada para o Sol é iluminada, a outra parte, oposta ao sol não é iluminada

Mas como a Terra está sempre girando, a situação vai se modificando. A parte iluminada vai ficando na sombra e a parte escura vai recebendo a luz solar.
Está exatamente aí, a origem dos diferentes horários. É por isso que existem o dia e a noite. É dia na parte iluminada pelo Sol, e é noite na parte escura.

Dessa maneira, como São Paulo fica no lado oposto de Tóquio, enquanto aqui é meio-dia, lá já é meia-noite.
Mas por que o horário do leste (oriente) está sempre adiantado em relação ao ocidente (oeste)? Por que não é o contrário?
O motivo é simples.

A Terra gira de oeste para leste, mas o movimento aparente do Sol ao redor da Terra é no sentido inverso ao da rotação do planeta. É como se o Sol girasse ao redor da Terra de leste para oeste.
É por isso que, todas as manhãs, vemos o Sol nascer a leste e, com o passar do dia, ir se deslocando para oeste, até se por no horizonte.

A rotação da terra é de oeste para leste. O movimento aparente do Sol é de leste para oeste

É natural, portanto, que no leste (onde o sol nasce) as horas sejam mais adiantadas que no oeste (onde o Sol se põe). Afinal, as horas vão acontecendo primeiro, por onde o Sol passa antes.
No próprio Brasil, que tem um território muito extenso, existe diferença de horários. Por exemplo, entre Porto Alegre (no Rio Grande do Sul) e Rio Branco (no Acre) há uma diferença de duas horas.
Entretanto, entre Porto Alegre e Fortaleza, onde a distância em linha reta é até maior que entre Porto Alegre e Rio Branco, não há diferença de horários.

Qual é a explicação disso?
Veja, enquanto Rio Branco fica a oeste de Porto Alegre, Fortaleza fica quase na mesma longitude. Logo, devido à rotação da Terra, o Sol que está iluminando Porto Alegre e Fortaleza com a mesma intensidade num determinado instante, somente daí a duas horas “chegará” a Rio Branco para iluminá-lo da mesma maneira.

A partir desse exemplo, podemos afirmar que a longitude é um elemento importante para as diferenças de horário.
As diferenças de horário dependem do maior ou menor afastamento em relação ao meridiano de Greenwich (longitude). Os afastamentos em relação ao Equador (latitude) não influem nessas variações.

Resumindo: as diferenças de horário valem somente para as distâncias a leste e a oeste, e não para distâncias de norte a sul.

É por isso que, o horário de São Paulo é o mesmo da Groelândia, situada a mais ou menos 15000 km ao norte e Lagos (Nigéria) por estar aproximadamente a 6000 km a leste, está sempre três horas adiantada em relação ao horário paulista.

As variações de latitude (norte – sul) - devido à forma da Terra (arredondada e achatada nos polos), ao movimento de translação e à inclinação do seu eixo de rotação – influenciam na duração da parte clara e da parte escura do dia nas diferentes regiões do planeta.

Quanto mais nos afastamos do Equador para os polos, maior será a diferença entre a duração da noite e da parte clara do dia. No Equador, a parte clara do dia e a noite têm a mesma duração o ano todo.

Para organizar a medição do tempo no planeta e padronizar o horário em determinadas faixas foram criados os fusos horários ou as zonas horárias (veja o artigo).

Artigos Recomendados:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se você tem uma história para contar, conte aqui. Se for divertida, não ofensiva nem agressiva poderá ser publicada. Mas se quiser apenas ler, fique à vontade!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...