Açucena, flor fugaz e exuberante.

terça-feira, 1 de novembro de 2011

A Açucena também é conhecida por Amarílis ou Flor-da-imperatriz. Há muitas espécies de Açucena, em torno de 50 tipos diferentes. Podem ser cultivadas dentro de casa, desde que tenha muita luz. Geralmente elas são cultivadas em vasos, mas também podem ser plantadas em canteiros.


Amarilis ou Açucena. Flor altiva e elegante
by Telma M
Há alguns anos eu presenteei uma amiga com um vaso de açucena. Recentemente fui visitá-la e vi as flores exuberantes e multiplicadas em todo o seu jardim. Foi gratificante ver o carinho com que ela cuidou do meu presente durante tantos anos. As açucenas estão mais bonitas no jardim do que estavam no vaso.
Curiosa, fui pesquisar a forma de cultivar e um pouco da história dessa flor tão majestosa.
Descobri coisas curiosas sobre as Açucenas, algumas até ligadas à imaginação.

Dizem, por exemplo, que essas flores representam tristeza e angústia pela falta do ser amado.
No entanto isso não condiz com sua aparência. São flores lindas, bem desenvolvidas, majestosas, cheias de brilho. Absolutamente não combinam com tristeza e angústia. Combinam muito mais com felicidade, alegria, alto astral.

A Açucena também é conhecida por Amarílis ou Flor-da-imperatriz.
Seu nome científico em latim é Hypperastrum hybridum Hort. Tem como sinônimo o nome Amaryllis vittata L’Herit.

A mitologia grega parece ter captado a essência da flor com mais propriedade, pois lá se diz que a açucena representa altivez, elegância, graça, estando intimamente ligada ao orgulhoso deus Apolo.

Há muitas espécies de Açucena, em torno de 50 tipos diferentes. O interessante é que pode ser cultivada dentro de casa, desde que tenha muita luz.
Geralmente elas são cultivadas em vasos, mas também podem ser plantadas em canteiros.
Algumas espécies desaparecem no inverno, nesse momento é preciso deixá-la descansar. Isso mesmo, as Açucenas precisam de repouso para voltarem radiantes no próximo período de floração.

Deve-se retirar seus bulbos da terra e guardá-los em local fresco e escuro. Mas não é obrigatório retirar da terra, basta deixar enterrada em local fresco, sem regar. Dessa maneira a planta faz suas reservas de energia para ressurgir poderosa.

A minha Açucena floresce no início da primavera e depois adormece durante o verão. Acredito que o calor é excessivo para as delicadas pétalas, por isso prefere o retiro silencioso e fresco das entranhas da terra. Depois renasce e permanece por longo período apenas com folhas verdes e longas. Ela só floresce uma vez ao ano. O que é uma grande pena, pois é tão linda... Talvez o seu domínio sobre as emoções se deva ao fato de ser tão fugaz. Sabemos o quanto as coisas comuns acabam perdendo o encanto...
As exuberantes açucenas do meu ajardinamento

As açucenas têm um crescimento lento e precisam de muita luminosidade, porém o sol em excesso as prejudica; é por isso que vão tão bem nos interiores.
Dizem que é possível forçar os bulbos (parecidos com cebolas) a florescerem fora da primavera, mas eu ainda não consegui essa façanha.
Bulbos refrigerados retardam o florescimento, que passa para o verão.

Dão-se bem em qualquer parte do território brasileiro e em todos os meses do ano.
Açucenas são sensíveis ao frio, preferem temperaturas por volta de 20º C.

Os solos para plantio (tanto em vasos quanto em canteiros) devem ser bem drenados, arenosos e ricos em matéria orgânica. Aí se coloca os pequenos bulbos separados do bulbo maior (chamado de “bulbo mãe”) e começa-se a regá-los com freqüência semanal. Depois que a folhas surgirem as regas devem ser intensificadas (2 a 3 vezes por semana).
O adubo preferencial é rico em Ferro e Magnésio.
Aconselha-se transplantar os bulbos para vasos diferentes a cada quatro anos, com substrato novo.
As pragas mais comuns que costumam atacar as Açucenas são ácaros, cochonilhas, caracóis e brocas.

Você gosta de flores? Veja também “A História das Rosas”.
Gostaria de cultivar uma Açucena em sua casa? Saiba que elas são muito fáceis de cuidar e multiplicar.
Bibliografia: 1) Lorenzi & Moreira de Souza - Plantas Ornamentais no Brasil – 2ª edição – Instituto Plantarum, 1999.
                    2) Blog Algarve-Saiba Mais - Artigo: Açucena: A flor da altivez e elegância.

Artigos Recomendados:

2 comentários:

  1. Olá,

    Ganhei uma Amaryllis há pouco tempo.Eu não tenho muitas experiências com plantas, é o meu primeiro contato, por isso estou com algumas dúvidas: As flores da minha Açucena já murcharam, só que as folhas ainda continuam, devo continuar com a rega? Fazendo algumas pesquisas pela internet, vi que muitos estimulam a floração novamente com a plantação do bulbo sem colocar na geladeira, você poderia me explicar qual a diferença entre os dois? O clima agora da minha região é muito frio, devo estimulá-lo à dormência? Por favor, me responda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Andressa, obrigada por sua visita.
      Olha, a Amarilis não exige muito cuidado. Tenho a minha plantada diretamente no chão e não rego demais. Quando as flores acabam você pode retirar os bulbos da terra e guardá-los num desses saquinhos de tela, num local escuro e fresco, para dormirem e reservarem energia. Depois replante, um ou dois meses antes da primavera. Mas se preferir, deixe no chão. As folhas são bonitas também. Quanto ao frio, acho que elas preferem temperaturas frias, não se dão muito bem com calor excessivo...
      Boa sorte com sua açucena.
      Abraços, Telma

      Excluir

Se você tem uma história para contar, conte aqui. Se for divertida, não ofensiva nem agressiva poderá ser publicada. Mas se quiser apenas ler, fique à vontade!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...