Qual é o correto: Demais ou De mais. Junto ou separado.

segunda-feira, 3 de novembro de 2014

Existe diferença na hora de escrever “demais” tudo junto e “de mais” separado? Qual é a grafia correta, “demais” ou “de mais”? Entenda quando se usa um ou outro.


"de mais" separado serve para modificar o substantivo e funciona como adjetivo. Não é o caso dessa frase, pois está modificando o adjetivo e deveria ser um advérbio, logo "demais" tudo junto.
by Roberto M.
Na língua portuguesa, existem as duas hipóteses, tanto “demais” junto como “de mais” separado.
Ambas as formas são corretas dependendo do contexto em que são utilizadas, ou seja, é necessário obedecer as regras de uso de cada uma delas.
Na linguagem falada, nem precisamos nos preocupar, visto que esses dois termos têm a fonética (som) exatamente igual.

Entretanto, na linguagem escrita, a diferença pode ser notada e causa muita confusão.
O significado de cada uma delas é diferente mas, é perfeitamente possível diferenciar as situações em que devemos utilizar uma ou outra forma de grafia.
Primeiramente devemos saber o seguinte:

O vocábulo “demais” (junto) será utilizado sempre que funcionar como um advérbio (qualificando um adjetivo ou um verbo) ou como um pronome indefinido.

A locução “de mais” (separado) será utilizada sempre que funcionar como um adjetivo, modificando um substantivo.

Mas vamos explicar melhor e dar uns exemplos:

DEMAIS – PRONOME INDEFINIDO

Quando “demais” tiver a função de um pronome indefinido será escrito junto. Nesse caso virá sempre precedido de artigo no plural e significará “os outros”, “os restantes”.

Exemplos:
- Vamos nós agora, os demais irão em seguida.
- Da plateia, dez pessoas aplaudiram, os demais vaiaram.

DEMAIS – ADVERBIO DE INTENSIDADE

Quando “demais” tiver a função de advérbio de intensidade, qualificando um adjetivo ou um verbo, será escrito junto. Nesse caso terá o significado de “excessivamente”, “demasiadamente”.

Exemplos:
- A comida estava boa demais. (qualificando o adjetivo)
- Levantei-me cedo demais. (qualificando o adjetivo)
- Ela é muito bonita, ela é demais. (qualificando o verbo)
- Cansei muito porque corri demais. (qualificando o verbo)

DE MAIS – ADJETIVO

Visto que advérbio (“demais” junto) não modifica substantivo, função que cabe ao adjetivo, quando “de mais” tiver a função de um adjetivo, será escrito separado. Nesse caso, ao qualificar um substantivo, caracterizando-se como uma locução adjetiva, significará “demasiado”, “excessivo” (adjetivos). 
Note que não será demasiadamente, excessivamente (advérbios) e sim o antônimo de “de menos”.

Exemplos:
- A comida estava muito salgada, tinha sal de mais. (qualificando o substantivo)
- Foi difícil escolher, tinha candidato de mais. (qualificando o substantivo)

CONCLUSÃO

Demais” escrito junto é advérbio (qualificando adjetivo ou verbo) ou pronome (precedido de artigo plural), de mais” escrito separado é adjetivo (qualificando substantivo).
Portanto, uma mesma frase poderá ter sentidos diferentes se escrita de uma ou de outra maneira.

Exemplos:
1 – Naquela balada, as garotas eram demais. (qualificando o verbo)

No primeiro caso, consideraremos “demais” como advérbio, portanto qualificando o verbo, e interpretaremos a frase como: “As garotas eram demasiadamente bacanas”.

2 – Naquela balada, as garotas eram de mais. (qualificando o substantivo)

No segundo caso, consideraremos “de mais” como locução adjetiva, portanto modificando o substantivo, e interpretaremos a frase como: “As garotas eram demasiadas, em número maior do que o necessário”.

Note que nem os adjetivos, nem os advérbios necessitam ficar ao lado das palavras que eles modificam.

OBSERVAÇÃO: DE MAIS COMO SIMPLES SEQUÊNCIA DE PALAVRAS

Às vezes, utiliza-se as palavras "de" e "mais" numa simples sequência de preposição (de) seguida de pronome (mais) sem que constituam uma unidade semântica.

Exemplos:
- Estou precisando de mais dinheiro para pagar o aluguel.
- Preciso de mais tempo para acabar a prova.

Artigos Recomendados:

Um comentário:

Se você tem uma história para contar, conte aqui. Se for divertida, não ofensiva nem agressiva poderá ser publicada. Mas se quiser apenas ler, fique à vontade!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...