Mosquito pólvora. Pequeno mas muito nocivo.

segunda-feira, 5 de março de 2012


Mosquito Pólvora, Maruim, porvinha, polvinha
by Telma M.
Você conhece o maruim ou mosquito pólvora, o “porvinha”, ou ainda “polvinha”?
Pois saiba que o que menos importa é o nome dele.
O danado é terrível; tão pequeno que passa pelas aberturas de telas e tão adaptado que os repelentes pouco podem fazer para evitá-lo.
Maruim é um nome de origem tupi que significa mosca pequena. As espécies conhecidas são “Culicoides paraensis ou C. furens”. Centenas de espécies fazem parte do gênero “Culicóides”.

Parece haver um desequilíbrio biológico na natureza, que pode ser conseqüência dos desequilíbrios climáticos do planeta, pois o aquecimento beneficia a proliferação dessas espécies, que têm no frio um predador natural.
Aves, anfíbios e répteis também são predadores naturais dos maruins.

O bichinho é miudinho, mede cerda de 2 mm, por isso é capaz de passar pela maioria das telas. Além disso, a gente não o vê, pois nossos olhos estão acostumados com insetos maiores e nem prestamos atenção nesses pirralhos... Quando percebemos, eles já picaram. E como fazem estragos!

Pessoas alérgicas sofrem. A picada de um “Polvinha” pode resultar em reações alérgicas bem desagradáveis, inclusive se transformando em lesões fibrosas irreversíveis (caroços duros e escurecidos só removíveis por cirurgia).

A picada do “Maruim” pode transmitir doenças, entre as quais a “oropouche”, uma doença com sintomas semelhantes à meningite.

Além de transportarem diversos vírus e patógenos que atacam mamíferos e aves silvestres, também são vetores da filaria (Manzonela ozardi) na América Central e África. Esse verme causa filariose (também conhecida como mansonelose) doença caracterizada pela presença de microorganismos jovens no sangue e depois de parasitas adultos na cavidade abdominal, tecidos e sistema linfático dos vertebrados, podendo aparecer deformações no corpo devido ao extravasamento de líquidos linfáticos.

As fêmeas têm hábitos hematofágicos, isto é, se alimentam de sangue com grande voracidade e gostam do crepúsculo. Não voam muito longe dos criadouros para se alimentarem.

Pesquisas no município de Jaraguá do Sul apontam as bananeiras como o local ideal para reprodução dos mosquitos “pólvora ou maruins”, mas os manguezais também são propícios ao desenvolvimento do inseto, que tem um ciclo de vida de 50 dias.

O melhor ambiente para o desenvolvimento dos “Pórvinha” é onde tem matéria orgânica em putrefação; locais quentes e úmidos.
A picada do mosquito pólvora causa muito ardor, talvez seja por isso que ganhou o nome de “pólvora”.

Citronela é um repelente natural que pode ajudar a afastar os mosquitos, aliás, insetos em geral não gostam do cheiro de citronela.
Há quem aconselhe fazer um chá de citronela e passar nos móveis da casa. Misturado com um hidratante corporal pode-se esparramar na pele, pois o aroma é até agradável. O óleo de Nim também tem sido usado para repelir os insetos.

Para combater o mosquito, é interessante conhecer seus hábitos de vida e reprodução.
Ciclo Reprodutivo do maruim, o mosquito pólvora

Ele coloca seus ovos (em formato de banana) em locais úmidos e ricos em matéria orgânica em decomposição.
Os ovos eclodem entre dois a sete dias e as larvas se desenvolvem em três semanas, depois se enterram na lama ou areia e se transformam em “pupas”. Tornam-se insetos adultos em três dias. Apenas as fêmeas costumam picar. Geralmente escolhem a hora do crepúsculo, mas podem picar a qualquer hora do dia se estiverem à sombra.

Artigos Recomendados:

32 comentários:

  1. Esse mosquitinho é terrível. Tenho vários carocinhos nas pernas devido a picadas desse cara.

    ResponderExcluir
  2. malditos sejam tiraram de mim o prazer de acampar ali no guraú prainha de bertioga....desgraçados malditos infernais são primos irmão do demônio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkk. . . . .eles sao terriveis msm. . . .

      Excluir
  3. Quem conhece ilhabela, em sp, com certeza também conhece esses monstros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acabei de chegar de Ilhabela e essa coceira nas pernas parece que nunca mais vai acabar.

      Excluir
  4. Fico com caroços enormes por causa do desgraçado, e o pior eh q estar em toda parte.

    ResponderExcluir

  5. Estou muito triste com o Noé, por ter colocado na Arca um casal destas criaturas infernais....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. NAO FOI NOE. DEUS ENVIOU ESTA PRAGA PARA O FARAO DO EGITO QUE NAO LIBERAVA O POVO DE ISRAEL LIDERADO POR MOISES. EXODO CAP 8

      Excluir
  6. calma estou sendo cobaia de varios produtos que eu mesmo invento pois tenho um terreno perto do rio e ja botarão amigos meus pra correr mas eu não corro !!!! ai vai uma dica cravo da india no alcool e um pouco de olheo de corpo muito bom depois posto mais (vander pereira da silva faccebook)

    ResponderExcluir
  7. Varias picadas adquifidas provavelmrntr na estrada do litoral para guaruja e em bertioga. Carocinhos avermelhados que coçam em varios locais do corpo. Provavelmente tenho alergia tbm. Alem disso estou preocupada pois estou c dor de cabeca o dia todo e no pescoco. Pode ser pivads desse inseto e rsss tal virose de otopouche?

    ResponderExcluir
  8. onde tem muito isto é Rondonia nas margens do Rio Guaporé!!! Que legal Né!!!!!

    ResponderExcluir
  9. É o bichinho mais desgraçado do mundo,e o pior é que não serve pra m**** nenhuma só pra deixar a gente p*** da vida

    ResponderExcluir
  10. Em Nova Friburgo região serrana do RJ,ta dando esses desgraçados,pelo tamanho deles so pode ter so olhos e os dentes os pestes mordem arrancado pedaços,doi prá burro, tô p*** da vida com esses bichos,da a noite vc quer ver o jornal na tv e e so mordida,c'

    ResponderExcluir
  11. fui passar uns dias em garatucaia (angra dos reis rj),voltei com varias marcas nos pes e coçando demais,alguns estao feridos,malditos mosquitos.

    ResponderExcluir
  12. esse mosquito ta me estressando muito,estou morando a pouco tempo no guandu e ja quero sair daqui. e descursao todos os dias com meu marido.socorro nao aguento mais.

    ResponderExcluir
  13. ESSES INFELIZES SÃO UMAS PRAGAS EU TENHO VARIAS MARCAS PELO CORPO E FICO COM VERGONHA DE VESTIR ALGUMAS ROUPAS,MEU PAI MORA EM RÔNDONIA E SEMPRE VOU VISITÁ-LO MAS TÁ DIFÍCIL CONVIVER COM ESSA TAL PORVINHAAAAA,TÃO PEQUENA E TEMIDA,COMO ACABAR COM ESSE PESADELO,E AINDA MEU MARIDO QUER MORAR LÁ AFF......

    ResponderExcluir
  14. Aqui em pariquera açu tem muito. esses bichinhos vagabundos '_'

    ResponderExcluir
  15. Malditos mosquitinhos do inferno.

    ResponderExcluir
  16. Olhem que coisa intrigante, este final de semana levei dois amigos portugueses que estão aqui na minha casa em Guarapari para a roça onde esta impestiado de maruins.
    Os mosquitinhos filho de uma egua só morderam um portuga ou outro nãoo, como pode isso um ficou todo inchado e com machucados e o outro não teve nenhuma picada.
    Ele e diabetico e toma comprimidos diariamente, sera que isso e a explicação.

    ResponderExcluir
  17. Estive em Vargem pequena em 13/05/13 e fui muito picado por umas pestinhas que devem ser os malditos maruins. Tá coçando pra cacete. Eu já conhecia esses desgraçados de Praia grande na costa verde RJ.

    ResponderExcluir
  18. tenho uma chacara no interior de sp cidade de lupercio ate aki tem, aaFFF,, so usando off kids ou repelente de citronela, nos dias que tem abundanciqa d eventos fortes quase nao os vejo, mas dias quentes com pouco vento ar ´parado se segura so no repelente msm

    ResponderExcluir
  19. Todo ano vou no sítio do meu avô em Miracatu,interior de sp! Já estou planejando a ida no natal Más só de pensar nesses bichinhos f*** me dá um desanimo.. me picam demaiiiis,acho que devo ter alergia,e fica muito feio,pelo corpo todo! em

    ResponderExcluir
  20. Essa praga veio do Q. Dos inferno, ele deixa um estrago!

    ResponderExcluir
  21. Esses bichinho deram mais de 60 picadas nas minhas pernas e ja se passaram 3 semanas e a coceira nao passa estou com as pernas toda marcadas esta horrivel....e o pior e q sou muito alergica...tomem cuidado pessoal lpassem repelente pq esse bichinho causa estrago...

    ResponderExcluir
  22. esse bixo tá até na nova zelandia! pqp

    ResponderExcluir
  23. Pessoal estou tentando fazer de tudo para acabar com essa praga...Temos q arrumar alguma coisa para acabar com eles acho que vou comprar um fumacê.

    ResponderExcluir
  24. Pessoal Sou Rodrigo Deleon ... não sou Cientista para que eu consiga fazer algo para acabar com essas "pestes" sendo assim a Única coisa que nos resta é divulgar sobre o Mosquito Maruim cada vez Mais... Face, WhatsApp etc...
    Sendo assim talvez alguém fará Algo para que Eliminem essa "praga

    ResponderExcluir
  25. comprei uma aqui em Conceição, Paulista PE. de todos os problemas o Mosquitinho Maruim e o mais aterrorizador. Passa um mangue a mais ou menos 500 metros da minha casa e ele mesmo assim fazem visitas a minha residência, eita insetos malditos

    ResponderExcluir
  26. Moro em uma casa grande com quintal e muitas fruteiras, especialmente mangueiras que fazem sombra e cai muitas folhas e frutos que apodrecem no chão. Aqui tem muito maruim, mas o esquisito é que só eu aqui em casa sinto as picadas. tenho glicose alta no sangue (pré diabético) e vi um cometário acima que me fez pensar que isso possa ser uma causa para alguns serem mais sensíveis. será que é a açucar do sangue que os atrai?

    ResponderExcluir
  27. Estou de passeio em Florianópolis-SC e tá difícil aguentar esses bichos do inferno que não tem utilidade nenhuma a não ser infernizar a vida da gente.A primeira vez que estive aqui em SC tive até que tomar anti alérgico.E ainda querem preservar o Mangue criadouro desse demônio.Aterrem todos os mangues do Brasil pra acabar com essa praga.

    ResponderExcluir
  28. Uma vez pescando em peruibe num rio tive umas 200 picadas nas pernas, foi horrível, sou alérgico einha filha tb, será que tem alguma cidade que não tenha pólvora e pernilongos?

    ResponderExcluir
  29. Mosquito dos quintos dos infernos!
    Amigo do diabo, so pode ser.

    ResponderExcluir

Se você tem uma história para contar, conte aqui. Se for divertida, não ofensiva nem agressiva poderá ser publicada. Mas se quiser apenas ler, fique à vontade!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...