O Iluminismo. A revolução das formas de compreender o mundo.

terça-feira, 20 de setembro de 2011


Gravura do século XVIII que representa Voltaire homenageando o Sol. Ele considerava que o Sol e também os outros elementos da natureza tinham uma essência divina
by Roberto M.
O que foi o iluminismo? Quais foram as idéias iluministas?
O iluminismo foi um movimento intelectual ocorrido na Europa, no século XVIII (o século das luzes, a era da razão).
Os intelectuais e pensadores que participaram desse movimento pretendiam trazer à luz novos conhecimentos, que segundo eles iriam “iluminar” a sociedade. Eles pretendiam fazer dos europeus, uma sociedade mais justa e racional.

Começaram, então, a questionar as bases do regime vigente, criticando o poder despótico dos reis absolutistas. Era necessário, segundo os filósofos iluministas, que a natureza e a sociedade fossem iluminadas pela luz da razão, ou seja, tudo deveria ser compreendido por meio da racionalidade.

As idéias iluministas tiveram grande repercussão. Muitos movimentos sociais pelo mundo afora foram influenciados por elas. Como exemplos, podemos citar a Revolução Americana e a Revolução Francesa.
No Brasil, a Conjuração Mineira e a Conjuração Baiana, foram rebeliões influenciadas pelos ideais iluministas.

O pensamento iluminista revolucionou as formas de compreender a sociedade, a política, a filosofia, as ciências e as artes.

As bases para os ideais do iluminismo foram fornecidos pelos avanços científicos do século XVII, quando foi estabelecido, por pensadores da época, o método científico, que consistia na observação rigorosa, racional e sistemática da natureza.

Em nome da razão, os iluministas fizeram duras críticas à Igreja. Esses pensadores criticavam a superstição, o fanatismo e a intolerância religiosa; eram a favor da liberdade de pensamento e de opinião.

Para os iluministas, uma sociedade só alcançaria a liberdade e a justiça por meio do impedimento do poder excessivo de seu governante. Grande parte desses pensadores apoiava um governo constitucional para melhor garantia contra os abusos do poder. 
Há quem chame o Iluminismo de Ilustração e as idéias iluministas de idéias ilustradas.
Os principais pensadores iluministas foram:


 Para Montesquieu, o poder de um Estado deveria ser dividido em três: Legislativo, Executivo e Judiciàrio
1) Charles-Louis de Secondat, o Barão de Montesquieu (1689 – 1755) foi escritor e filósofo e nasceu em La Brède, na França. Em sua principal obra (O Espírito das Leis, publicada em 1748) defendeu a idéia de que a religião e a política não podem ser confundidas. Para ele, o Estado deveria ser governado por três poderes: Poder Legislativo, Poder Executivo e Poder Judiciário.



Voltaire era defensor da liberdade de expressão e crítico do Absolutismo
2) François Marie Arouet, conhecido como Voltaire (1694 – 1778) nasceu em Paris, na França e se dedicava à literatura frequentando salões literários mantidos pela alta burguesia. Em 1734, publicou a obra Cartas Inglesas (ou Cartas Filosóficas), onde defendia a liberdade de expressão e criticava o Absolutismo e o controle que a Igreja exercia na vida das pessoas.



Rousseau acreditava que o poder deveria vir do povo e só seria legítimo se fosse exercido em nome do povo
3) Jean Jacques Rousseau (1712 – 1778) nasceu em Genebra, na Suíça. Foi músico, secretário e filósofo. Em sua obra Contrato Social (publicada em 1762) defendia a idéia de que, para os cidadãos garantirem sua liberdade na sociedade civil, deveriam abdicar de seus direitos individuais em favor da comunidade, onde os bens seriam coletivos e os interesses comuns. Desse modo, os cidadãos teriam maiores condições de manter sua liberdade e combater a corrupção do ser humano. Rousseau acreditava que “todo o poder emana do povo e somente é legítimo se exercido em seu nome”
Bibliografia: Pellegrini, Marco Cézar - Vontade de Saber História - Editora FTD

Artigos Recomendados:

Um comentário:

Se você tem uma história para contar, conte aqui. Se for divertida, não ofensiva nem agressiva poderá ser publicada. Mas se quiser apenas ler, fique à vontade!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...