Aurora Boreal. Uma mágica beleza nos céus do Polo Norte.

segunda-feira, 21 de março de 2011


by Roberto M.
O que é aurora boreal? Onde acontece a aurora boreal? Aurora austral é a mesma coisa? E aurora polar?
Aurora polar é um fenômeno natural, ou seja, regido pelas forças da natureza que ocorre nas regiões vizinhas aos pólos terrestres, na maioria das vezes em latitudes próximas a 60 graus.
A aurora polar recebe o nome de aurora austral ou aurora boreal, conforme sua ocorrência se dê nas regiões próximas ao pólo sul ou ao pólo norte, respectivamente.

Esse fenômeno acontece devido a erupções solares.
Durante essas erupções, o sol expele grandes quantidades de partículas eletrizadas (prótons, elétrons e íons positivos) que são altamente velozes (velocidade de 300 km/s a 1.000 km/s) e ao atingirem as proximidades da terra são desviadas pelo campo magnético terrestre para as regiões polares


Nessas regiões, ao penetrarem nas paredes superiores da atmosfera, as partículas eletrizadas são freadas e isso provoca excitação e ionização das moléculas do ar, originando assim a luminescência da aurora polar.

A luminescência da aurora polar ocorre em média à altura de 100 Km. Às vezes, sua parte inferior atinge 50 Km; a superior poucas vezes atinge 600 Km, mas pode atingir 1000 Km de altitude. Na maioria das vezes, sua luminosidade é baixa, atingindo em algumas ocasiões a luminosidade da lua cheia, superando-a nas mais brilhantes.
Uma das formas mais espetaculares de aurora polar é apresentada pelas auroras flamejantes, em que o fenômeno se apresenta como uma maré de fogo cujas ondas vermelhas se movem rapidamente do pólo ao zênite. 


A aurora boreal pode ser observada em seu maior fulgor na região canadense da baía de Hudson, no norte da Escócia e no sul da Noruega e da Suécia.
Ocorre com maior frequência no final do outono e no início da primavera ( do hemisfério norte é claro). Os melhores meses para observá-la são outubro, fevereiro e março e o melhor horário é entre dezoito horas e uma hora da madrugada.

Assistir à aurora boreal é uma experiência mágica e inesquecível e para aproveitar essa magia ao máximo, é bom evitar a fase da lua cheia e lugares muito iluminados, pois a visão ficará comprometida.
Porém, para vê-la, é necessária muita paciência. Às vezes é preciso permanecer de uma a duas semanas nos locais onde elas acontecem para aumentar a probabilidade de apreciá-la e mesmo assim, ninguém garante que as nuvens não obstruam a visão. 


Cada aurora boreal é um espetáculo único, não há duas iguais. À vezes aparece com todas as cores, um verdadeiro arco-íris noturno, e outras vezes, apenas num tom esverdeado.
Por ser um fenômeno de mágica beleza, chegando até a parecer místico, existem lendas ligadas a ele.

Os esquimós chamam essa luminescência de “dança dos espíritos”; para os vikings é uma “armadura brilhante das Valquírias” e para o povo xamãs sami é a “luz que pode ser ouvida”. Existe até uma lenda japonesa que diz: “conceber um filho sob a aurora boreal trará sorte aos pais e ao filho”.
 
Artigos Recomendados:

Um comentário:

  1. Muito boa essa matéria , gostei muito mesmo ...
    E como eu queria ver uma Aurora Boreal , acho que é a vontade de muita gente também rsrs
    Abraço ,
    Júlia Zuim ( amo o Luan Santana )

    ResponderExcluir

Se você tem uma história para contar, conte aqui. Se for divertida, não ofensiva nem agressiva poderá ser publicada. Mas se quiser apenas ler, fique à vontade!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...