Vodca: Uma História Pitoresca.

sábado, 4 de junho de 2011


A Vodka é uma mistura de álcool etílico e água, numa proporção de 40 para 60. Pode ser mais forte, mas nunca mais fraca.
by Roberto M.
Qual é a origem da vodka (vodca)? Onde foi que surgiu a vodca?
É um pouco difícil falar das origens da vodca
Há muitos séculos ela existe e por isso, há mui­tos séculos seu verdadeiro nascimento é motivo de con­trovérsias.
Essa briga é travada entre a União So­viética e a Polônia, as duas solicitando a primazia de ter a paternidade do destilado para o seu país. 

 Mas, recentemente, especialistas norte americanos realizaram pesquisas que demonstraram ter a vodka nascido na Polônia, durante a Idade Média.


Segundo esses estudos, a vodca já aparecia na literatura do século XI, en­quanto que as referências so­viéticas datam de épocas pos­teriores.

As origens do termo clareiam ainda mais estas hipóteses.
Vodca ou wódca (na grafia polonesa) deriva-se do vocábulo “woda”, que quer dizer água.
Ao final do século XVI, o nome vodca era dado às águas medicinais e embelezadoras, as quais tinham vários in­gredientes, como sucos de fru­tas, mas pouquíssimo álcool.
Como a bebida alcoólica que conhecemos, a vodca era chamada gorzalka. Somente a partir do século XVII o termo vodca começou a ser aplicado à bebida alcoólica e o nome gorzalka foi sumindo pouco a pouco.

A produção em larga escala da vodka começou a partir do século XVI na Cracóvia, Gdansk e Poznam. A partir daí, começou a ganhar mercado aceleradamente. Nada era mais imprescindível que ela, nada era mais popular; bebida de ricos e pobres, de jovens e velhos, estava sem dúvida, consagrada.

Há vários fatos curiosos que se conta sobre a vodka:

- No século XVIII, o café da manhã polonês consistia de: uma xícara de chá, segui­da da vodca. Depois do pri­meiro cálice, confeitos típicos ou os famosos pastéis de mel de Torun, seguidos de pão com manteiga, torradas doces e, finalmente, um ou dois cálices da bebida.

- Conta-se que na Rússia, antes da Revolução, nada era mais saudável e revigorante do que um banho de vodca. Nas festas dos aristocratas, toneis das bebidas eram aque­cidos para servir de piscina aos homens e mulheres que se banhavam e bebiam, farta­mente, indo rolar na neve lo­go em seguida.

- A famosa cerimônia polo­nesa do século XIX, a "Nico-latchka", realizada pelas tro­pas em ocasiões especiais, traz, também, um fato interessante: numa das etapas da festa, os militares escolhidos para par­ticipar, equilibravam, sobre a lâmina de suas espadas, vá­rios copos de vodca flambada. O desafio era esvaziar os copos, um apôs outro, de mo­do que ao chegar ao último, a chama ainda estivesse acesa.

- Séculos antes desta época, dívidas eram pagas com vod­ca e, por toda a parte, flores­ciam destilarias, inclusive nas propriedades dos nobres.

- Pablo Picasso certa vez declarou: “''Para mim, as três coisas mais admiráveis dos últimos 50 anos foram os azuis, o cubismo e a vodca polonesa".
Fonte: Dicas – Centro Informativo Stock de Bebidas – número 16 – set/82.

Artigos Recomendados:

Um comentário:

  1. Inclusive, lendo este post, estou tomando uma vodka francesa. Obrigado.

    ResponderExcluir

Se você tem uma história para contar, conte aqui. Se for divertida, não ofensiva nem agressiva poderá ser publicada. Mas se quiser apenas ler, fique à vontade!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...