Penélope a tecelã da mitologia grega.

segunda-feira, 28 de março de 2011


by Telma M.
Segundo o artigo do blog Tear de Retalhos, "Tecer é fazer teia ou tecido, é urdir, tramar, compor entrelaçando.
Com fios naturais ou sintéticos, compõe-se um objeto para uso prático, como uma vestimenta, ou para deleite dos olhos e da alma, como é a arte.
A aranha tece sua teia para capturar seu alimento, com os fios que ela mesma produz.
Seres humanos usam fios de várias origens, naturais, sintéticos ou uma mistura dos dois para tecer sua arte".

A tecelagem é uma técnica milenar, é uma arte que acompanha o ser humano desde o início da civilização.

A mitologia grega conta o mito da heroína Penélope, filha de Icário, um príncipe espartano. Tornou-se esposa de Ulisses, Rei de Ítaca, que após pedi-la em casamento, conquistou-a entre vários competidores.
Antes de um ano de união, Ulisses e Penélope tiveram que interrompê-la, pois Ulisses teve que partir para a Guerra de Troia deixando solitários a esposa e o filho Telêmaco durante vinte anos, como conta Homero em sua “Odisséia”.

Durante essa longa ausência, com as dúvidas que existiam sobre se Ulisses ainda estava vivo e com a presunção que não regressaria, muitos pretendentes ao trono e até seu pai, Icário, exigiam que Penélope se casasse novamente.
Muito importunada, parecia não poder livrar-se, senão escolhendo um dos pretendentes para esposo.

Apaixonada e fiel ao seu marido, porém encurralada, Penélope lançou mão de todos os artifícios para ganhar tempo, ainda esperançosa no regresso de Ulisses.
Em um desses artifícios, ela decidiu tecer uma peça em seu tear manual e dizer que só se casaria quando terminasse o trabalho. Sua alegação foi de que estava empenhada em tecer uma tela para o dossel funerário de seu sogro Laertes e que escolheria seu esposo, entre os pretendentes, quando a obra estivesse pronta.

Tecia durante o dia, ante os olhares da corte e desfazia à noite, enquanto todos dormiam, recomeçando indefinidamente o trabalho. 
Este é a famoso mito da tela de Penélope, uma expressão proverbial, que serve para designar coisas que estão sempre sendo feitas, que nunca se acabam de fazer.
Com isso, Ulisses conseguiu voltar da guerra, em tempo de recuperar sua amada Penélope, que se safou assim, de ter que se casar novamente.
 
Artigos Recomendados:

2 comentários:

  1. e Muito chocante e a historia de penelope

    ResponderExcluir
  2. eu acho que nao e um mito e sim uma verdade historica para a mitologia*__*

    ResponderExcluir

Se você tem uma história para contar, conte aqui. Se for divertida, não ofensiva nem agressiva poderá ser publicada. Mas se quiser apenas ler, fique à vontade!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...