O Mistério da Vida. Ninguém sabe o que o óvulo gerará.

quarta-feira, 3 de abril de 2013

No começo é apenas uma célula viva, logo após tem as características de um verme, depois é como se tivesse as guelras de um peixe, em seguida lhe crescem pelos de animal e, por fim, eis que o embrião se transforma num ser humano, com pés, mãos e cérebro. A partir desse instante, está pronto para nascer e crescer.


O Mistério da Vida. Ninguém sabe a criatura que o óvulo gerará.
by Roberto M.
Às vezes eu paro e me vejo filosofando.
Hoje  lembrei-me de um texto, que li num livro muito antigo, escrito por um escritor norte-americano chamado Henry Thomas, e resolvi filosofar um pouco sobre o enigma da vida.
Qual é a finalidade da vida, se não a perpetuação da própria vida?
O propósito de todo ser vivo não seria o de reproduzir-se e transmitir a preciosa herança da vida à sua descendência?

Como se reproduz o homem? 
Um ser humano, da mesma forma que uma galinha é filho de um ovo. Só que um ovo de galinha tem cerca de três cm de diâmetro enquanto o ovo de um ser humano tem um diâmetro 120 vezes menor (cerca de 1/40 cm).
E é desse pequenino ovo, que também chamamos de óvulo, que nascem os seres humanos.

Nascem “Pelés”, mas também nascem “pernas de pau”. Nascem “Xuxas e Giseles”, mas vêm ao mundo uma quantidade enorme de “trubufus”. Nascem "Madres Terezas", mas bandidos assassinos "pipocam" por toda parte.
São gerados políticos que se preocupam com o bem coletivo (Luther King, Mandela), mas em compensação surgem os políticos brasileiros, que só se preocupam com si próprios e com sua “corriola”; roubam até o "couro" do povo para se beneficiarem.

Mas o óvulo sozinho não gera ninguém. Para haver o nascimento, é necessário que haja a fecundação do óvulo da mãe, pelo espermatozóide do pai.
Mas se o óvulo já era pequeno (pelo menos em comparação com o ovo da galinha), o que diremos do tamanho do espermatozóide?
São necessários pelo menos 3000 espermatozóides, para que se chegue ao tamanho de um mero óvulo.
E tem mais, para cada óvulo feminino existente, a natureza fornece cerca de 850 bilhões (850.000.000.000) de espermatozóides masculinos.

Muito bem, depois de uma maratona monstruosa realizada pelos bilhões de espermatozóides, um deles ganha a batalha e fertiliza o óvulo, formando o embrião humano.
A partir daí, são nove meses de evoluções e progressos maravilhosos.

No começo é apenas uma célula viva, logo após tem as características de um verme, depois é como se tivesse as guelras de um peixe, em seguida lhe crescem pelos de animal e, por fim, eis que o embrião se transforma num ser humano, com pés, mãos e cérebro.
A partir desse instante, está pronto para nascer e crescer.

Tornar-se-á o quê?
Pelé ou Zé Fuinha? Xuxa ou Amy Winehouse? Luther King ou Zé Dirceu?

Eis o Mistério da Vida!

Artigos Recomendados:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se você tem uma história para contar, conte aqui. Se for divertida, não ofensiva nem agressiva poderá ser publicada. Mas se quiser apenas ler, fique à vontade!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...